Faculdade de São Bento - Rio de Janeiro

 

A Faculdade de São Bento do Rio de Janeiro, denominada anteriormente Instituto de Filosofia e de Teologia São Bento, teve início em 1921. Seu nome inicial foi Escola Teológica da Congregação Beneditina do Brasil, por deliberação do Capítulo Geral do ano precedente, com a aprovação da Santa Sé.


Tendo iniciado suas atividades no prédio do Mosteiro de São Bento do Rio de Janeiro, a Escola logo se transferiu para uma casa no Alto da Boa Vista, onde permaneceu até 1937. De 1938 a 1946 passou a funcionar no Priorado de São Bernardo, em Três Poços, Estado do Rio de Janeiro, sob a dependência direta do Arquiabade¹ da Congregação Beneditina. Em 1947 voltou para o Rio de Janeiro. Em 1960, após quatro anos de interrupção, começou uma nova fase sob a direção de Dom Cirilo Folch Gomes, OSB.

Em 1970, a Escola teve seus estatutos atualizados e reformulados pelo Capítulo Geral, em vista do crescente afluxo de alunos externos, tanto seminaristas quanto leigos. Nessa reestruturação, a partir de 1973, abandonou o regime seriado e adotou o sistema de créditos, segundo o uso vigente nas Universidades.

No ano de 1977, seu curso de Teologia foi afiliado ao Pontifício Ateneu de Santo Anselmo, em Roma, por decreto da Congregação para a Educação Católica (Prot. nº 213/77), com direito de conferir grau eclesiástico de Bacharel aos concluintes do curso.

A partir de 1994 passou a ter um triênio filosófico seguido de um quadriênio teológico – pastoral. Em 1999, por decisão do Capítulo Geral da Congregação Beneditina do Brasil, teve inicio o processo de sua desvinculação da referida Congregação, passando a ficar sob a jurisdição do próprio Mosteiro do Rio de Janeiro, com a denominação de Instituto de Filosofia e Teologia do Mosteiro de São Bento.

A atual Faculdade de São Bento do Rio de Janeiro, inicialmente com campo de atuação na área do conhecimento teológico – filosófico é constituída pelo Instituto de Filosofia e Teologia e pelo Instituto Superior de Educação, que abrigam cursos de Bacharelado e Licenciatura. Obteve seu credenciamento, bem como aprovação do seu Regimento através da Portaria nº 2523/04 de 19/08/2004, DOU de 20/08/2004, retificada pela Portaria 2589 de 22/07/2005, publicada no DOU de 25/07/2005. Obteve autorização de funcionamento dos cursos de Teologia, bacharelado, com 120 (cento e vinte) vagas totais anuais, no turno diurno pela Portaria 2524 de 19/08/2004, DOU de 19/08/2004 e Filosofia, bacharelado, com 120 (cento e vinte) vagas anuais, no turno diurno pela Portaria 2525 de 19 de agosto de 2004, publicada no DOU de 20/08/2004.

Saiba Mais!